Home Notícias da Região Chácaras para locações diárias na RMC tem aumento na procura com mudança...

Chácaras para locações diárias na RMC tem aumento na procura com mudança de estação

326
Chácaras para locação em Paulinia
Paulínia é uma das cidades da RMC com várias opções de chácaras

O setor de locações de imóveis para temporada sofreu uma queda acentuada como todos os demais negócios devido a pandemia do novo coronavírus diante da necessidade de se fazer o isolamento social. Mas o mercado de uma forma em geral volta a ter números positivos, entre eles o de locação de imóveis para temporada.

A Região Metropolitana de Campinas (RMC) tem várias cidades com esse perfil, entre elas está Paulínia, o município possui uma série de locais e espaços para locação de chácaras para finais de semana ou apenas uma diária. 

De acordo com uma recente pesquisa de uma plataforma de aluguel de casas, desde agosto houve crescimento na procura por acomodações deste tipo.


Para atender esse “novo” perfil de locatário a infraestrutura é importante: os hóspedes estão mais preocupados quanto a higiene do local e também serviços de wi-fi disponíveis, pois em muitos casos as locações ocorrem para pessoas que buscam um local diferente de seu habitual para realizar trabalhos.

Seguindo recomendações das autoridades de saúde, os locadores de chácaras devem higienizar e desinfetar cada cômodo da casa e manter informações específicas sobre o Covid-19.

Além disso, é recomendado um intervalo mínimo entre uma hospedagem e outra, assim mantendo um prazo de 24 horas entre as locações.

Confira: Chácaras para locações em Paulínia

Outra recomendação é a higienização de superfícies e objetos. O coronavírus pode sobreviver nos ambientes por períodos que podem chegar a dias. Limpar e desinfetar locais e objetos que são manuseados com frequência pelos locadores como mesas, talheres, torneiras. E para desinfetar, o álcool com teor de 70% no mínimo é o recomendado.

É seguro entrar na piscina durante a pandemia do novo coronavírus?
De acordo com um estudo recente, a água não é um ambiente amigável para o vírus da Covid-19. Portanto, o problema não seria a piscina em si. Mas, sim, a aglomeração de pessoas em volta da piscina. Soluções desinfetantes para piscinas, como cloro, podem ser suficientes para acabar com vírus e bactérias de todo tipo.