Home + Notícias da Página Principal Campinas entra em estado de atenção devido à baixa umidade do ar

Campinas entra em estado de atenção devido à baixa umidade do ar

284

Campinas entrou novamente em estado de atenção devido a baixa umidade relativa do ar, que atingiu o índice de 29% na tarde de segunda feira (20-jul). O alerta foi emitido pelo Departamento de Defesa Civil da cidade, conforme dados da Estação Ciiagro/IAC. É declarado estado de atenção quando a umidade relativa do ar está entre 20% e 30%.

A Defesa Civil recomenda evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h, umidificar o ambiente por meio de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol ou em áreas vegetadas e consumir muita água.

Problemas decorrentes da baixa umidade do ar:
– Complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas;
– Sangramento pelo nariz;
– Ressecamento da pele e dos cabelos/pelos;
– Irritação dos olhos;
– Eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos;
– Aumento do potencial de incêndios em pastagens, lavouras, plantações e florestas.
– Escala psicrométrica – classificação dos estados de perigo segundo a OMS.

Previsão do tempo

Cuidados a serem tomados:

Entre 21 e 30% (Estado de Atenção)
– Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h;
– Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, etc.;
– Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas, etc.;
– Consumir água à vontade.

Entre 12 e 20% (Estado de Alerta)
– Observar as recomendações do estado de atenção;
– Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10h e 16h;
– Evitar aglomerações em ambientes fechados;
– Usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Abaixo de 12% (Estado de Emergência)
– Observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta;
– Determinar a interrupção de qualquer atividade ao ar livre entre 10h e 16h, como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência, etc.;
– Determinar a suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados, como aulas, cinemas, etc. entre 10h e 16h;
– Durante as tardes, manter com umidade os ambientes internos, principalmente quarto de crianças, etc.