Home + Notícias da Página Principal Campinas passa a adotar sistema de rodízio de veículos a exemplo de...

Campinas passa a adotar sistema de rodízio de veículos a exemplo de São Paulo

442
Campinas passa a adotar sistema de rodizio de veículos a exemplo de São Paulo
Veículos vindo de outras cidades também devem obedecer às novas regras

Anunciado nesta semana, o rodízio de veículos, previsto para ter início na segunda-feira (18-mai), foi adiado depois que o prefeito Jonas Donizette decidiu transformar o decreto em projeto de lei que será enviado na segunda-feira à Câmara para discussão e votação. Assim, o início da restrição de circulação dependerá da aprovação pela Câmara, que convocará sessão extraordinária.

 

Pela primeira vez em sua história, Campinas passa a adotar o sistema de rodízio de placas de veículos, nos mesmos moldes do que já é realizado na cidade de São Paulo. 

A medida foi anunciada pelo prefeito Jonas Donizette informando que a medida tem a finalidade de frear a circulação de pessoas, consequentemente, a propagação do coronavírus, além de reduzir o tráfego e a acidentalidade no trânsito, para poupar leitos e “resguardar o atendimento para quem realmente precisar” durante a pandemia de coronavírus.

Após aprovado o rodízio em Campinas será de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h.

>> Com uma frota estimada em cerca de 1 milhão de veículos, Campinas terá rodízio válido para carros e motos com placas locais e também de outras cidades e uma fiscalização mais rigorosa. O final do período de rodizio ainda é indeterminado.

A frota do transporte coletivo será ampliada para atender quem tem necessidade de se deslocar para o trabalho em áreas essenciais da cidade.

O prefeito alertou para um aumento inevitável nos casos de pessoas com a Covid-19 nas próximas semanas: “A ordem desse aumento (de doentes) será determinada pelas medidas que podemos tomar agora. Estamos numa situação de poder oferecer mais leitos, nos preparamos para isso, mas precisamos tomar outras medidas de contenção para atender a todos que precisarão do sistema de Saúde”.

Rodizio de veículos de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h
Ficam proibidos de circular pela cidade de Campinas carros com placas;

Placas final 1 e 2 – às segundas-feiras
Placas final 3 e 4 – às terças-feiras
Placas final 5 e 6 – às quartas-feiras
Placas final 7 e 8 – às quintas-feiras
Placas final 9 e 0 – às sextas-feiras

Profissionais que trabalham em áreas consideradas essenciais durante a pandemia poderão circular no rodízio com uma autorização especial. As novas regras de como funcionará o rodízio em Campinas, com as exceções que serão permitidas, será publicado após definição entre as secretarias municipais de Transportes e Assuntos Jurídicos.

Valor da multa
Em caso de multa nos dias proibidos, o motorista terá um custo de R$ 130,16 e receberá quatro pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Veja mais notícias da região de Campinas