Home + Notícias da Página Principal Mês Carlos Gomes: programação gratuita movimenta Campinas; veja programação completa

Mês Carlos Gomes: programação gratuita movimenta Campinas; veja programação completa

1512

A vida e obra do compositor e maestro campineiro Carlos Gomes (1836-1896) será revisitada em um conjunto de mais de 30 atividades ao longo de setembro e parte de outubro. O Mês Carlos Gomes, realizado pela Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Cultura, em parceria com a Secretaria de Educação e entidades, inclui palestras, performances, lançamento de livros, artes visuais, filmes, concursos e muita música. Os eventos têm entrada gratuita.

O anúncio da programação, feito em 29/08 no Conservatório Carlos Gomes, reuniu o diretor de Cultura da Secretaria de Cultura de Campinas, Alexandre Randi, e integrantes da comissão organizadora do evento. Na abertura da cerimônia, o público pode apreciar trechos líricos com os músicos Taís Costa Longa (soprano) e Landro Gouveia (piano).

Para o diretor Alexandre Randi, o Mês Carlos Gomes, além de destacar a tradição, propõe um novo olhar sobre a obra do compositor com a intervenção de outras manifestações, como a cultura Hip Hop, presente na programação.

Atividades
As atividades começaram dia 2 de setembro, às 19h30, na Academia Campinense de Letras, com palestra do historiador Jorge Alves de Lima sobre “Carlos Gomes – O Ser Humano”, seguida de atração musical com as cantoras Thais Costalonga e Andressa Paz, acompanhadas ao piano por Leandro Gouveia.

>> Um dos destaques será o concerto da Orquestra Sinfônica de Campinas com os vencedores do XII Concurso Estímulo para Cantores Líricos, dia 14/09 (sábado), às 18h, na Concha Acústica do Taquaral.

Ponto alto da programação será a série de palestras musicadas “Carlos Gomes da Escola”, realizada em conjunto com a Secretaria Municipal de Cultura, Academia Campinense de Letras e Rotary Clube Carlos Gomes, destinada aos alunos da 5ª série, de 44 escolas da rede municipal. Com informações sobre a vida e obra do compositor, os alunos poderão escrever seus textos para o concurso literário. As rodas de conversa terão a participação de dois conhecidos intérpretes líricos da cidade,Vicente Montero e Vera Pessagno Bréscia.

>> A obra de Carlos Gomes também poderá ser conferida nos programas das Rádios Educativa e Brasil Campinas, ambas da cidade; na Rádio Cultura, de Amparo e no Canal 8, em diversos horários.

Sobre Carlos Gomes

Antonio Carlos Gomes nasceu em Campinas, em 1836, e morreu em Belém, em 1896. Foi compositor de óperas e dedicou a maior parte de sua produção musical a este gênero. Começou a estudar música com o pai e continuou os estudos no Conservatório do Rio de Janeiro. Ganhou uma bolsa de estudos e foi para a Europa, em Milão, na Itália, aonde diplomou-se.

Em março de 1870, a sua ópera mais famosa, O Guarani, estreou no Teatro Scala de Milão e, da Itália, a obra ganhou fama por toda a Europa e consagrou Carlos Gomes como o maior gênio musical das Américas. Doente e com dificuldades financeiras, ele teve que voltar ao Brasil em 1892. Foi para Belém para ocupar o cargo de diretor do Conservatório de Música na capital do Pará, aonde morou até morrer, no dia 16 de setembro de 1896.