Home Notícias da Região Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do...

Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do Município

2388

Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do Município, Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do Município

Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do Município, Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do Município

Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do Município

A Prefeitura de Paulínia, por meio da Secretaria de Promoção e Desenvolvimento Social de Paulínia realizou a inclusão de 40 novas famílias, que ingressam a partir de março, a receber o benefício dos programas Renda da Família, Renda Alimentação e Bolsa Amamentação.

O programa vai beneficiar 30 famílias com Renda Família e Renda Alimentação e 10 famílias com Bolsa Amamentação. Neste mês de março, o Renda Família será pago no dia 24, o Renda Alimentação, dia 18, e Bolsa Amamentação, dia 28 de março. O dinheiro é depositado diretamente e mensalmente na conta do beneficiário.

O Programa de Ação Social Municipal, o PAS, um dos maiores do Brasil, abrange Renda da Família, Renda Alimentação, Bolsa Amamentação, Viver em Família, Habitação Popular, Bolsa Educação, Passe da Família e Vale Pedágio, que hoje atende mais de 5 mil famílias.

Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do Município, Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do Município

Novas famílias de Paulínia são contempladas pela Prefeitura com programas sociais do Município

A presidente do Fundo Social de Solidariedade do Município, Lucila Rodrigues Alves Pavan, presente à solenidade, agradeceu a presença de cada um e o trabalho realizado pela equipe da promoção social. “É importante que cada família fique atenta aos critérios, regras e escolaridade dos estudantes para que não perca o benefício. O programa foi criado para complementar a renda de cada cidadão paulinense”.

Participaram do evento, familiares dos contemplados, a secretária de Promoção Social, Mara Ferrari, representando o prefeito José Pavan Junior, o secretário de Saúde, Ricardo Carajeleascow, o secretário de Defesa Civil, Edinaldo André Bubenick e funcionários da Seprodes.

Renda da Família
O Programa Renda da Família é um programa de transferência de renda, que beneficia famílias em situação de vulnerabilidade social. Cada família beneficiada recebe R$ 150,00/mês e mais R$ 25 para cada estudante até 14 anos em idade escolar com 75% de frequência escolar, até 4 crianças por família.
Para ter direito, a família precisa estar cadastrada no Programa de Ação Social (PAS), comprovar 5 anos de moradia ininterrupta no Município de Paulínia e possuir renda familiar inferior a três salários mínimos.
Entre as obrigações, caberá a família informar qualquer alteração cadastral de renda, mudança de endereço, estado civil, entre outros, atualizando seu prontuário, além de comparecer todos os anos no mês do aniversário para recadastrar e caso não compareça o benefício será bloqueado.

Renda Alimentação
O Renda Alimentação é uma complementação na aquisição de alimentos às famílias paulinenses beneficiadas pelo Renda Família do Programa de Ação Social (PAS), do Governo Municipal, que desde dezembro, substitui o antigo projeto de Cesta de Alimentos e Variedades.
O Renda Alimentação corresponde a R$ 220,00 mensal e beneficia famílias em situação de vulnerabilidade social, visando melhorar as condições de alimentação e higiene.

Bolsa Amamentação
O Programa Bolsa Amamentação contempla mães maiores de 18 anos de idade, inscritas no Programa de Ação Social (PAS) e tenham renda inferior a três salários mínimos.
O Valor do benefício é de R$ 500,00, concedido à mãe que optar por não trabalhar e permanecer cuidando de seu filho, de 3 meses há um ano, durante o período de amamentação.
Para participar do programa, a mãe deve comprovar que amamenta seu filho por meio do Grupo de Aleitamento Materno, que acontece uma vez por mês nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Município.
O benefício é suspenso em caso da mãe matricular o lactante em creche, pública ou privada, antes do período de um ano ou do desmame.