Home + Notícias Saiba quais são as 15 cidades brasileiras mais caras para se comprar...

Saiba quais são as 15 cidades brasileiras mais caras para se comprar um imóvel

71

Saiba quais são as 15 cidades brasileiras mais caras para se comprar um imóvelAlguns setores da economia não refletiram em números os mesmos vistos por outros neste momento de pandemia, o mercado imobiliário por exemplo em 2021 teve seu maior aumento do preço médio do imóvel ( 5,29%) dos últimos sete anos. Em muitos casos, o valor médio aumentou ainda acima desse patamar: em 14 das 50 maiores cidades do país que fazem parte do indicador, o reajuste acumulado no ano passado superou a inflação projetada de 9,68%, medida pelo IPCA, do IBGE.

Em cinco das dezesseis capitais monitoradas, a variação do preço médio dos imóveis ficou muito acima dos 10% em 2021. A maior alta foi registrada em Vitória, no Espírito Santo, com 19,8%, seguida por Maceió, em Alagoas, com 18,5%.


Variações do preço médio do metro quadrados em 16 das maiores capitais

Segundo especialistas, a alta expressiva de 5,29% e acima desse percentual pode ser creditada a uma conjunção de fatores.

Na ótica da oferta, a pressão nos custos de construção, principalmente de insumos como aço e outros materiais metálicos, materiais hidráulicos e madeira, todos com alta acima de 20% no ano.

O INCC (Índice Nacional de Custo da Construção), da FGV, que serve como balizador dos preços da indústria da construção, encerrou 2021 em alta de 14,03%; o subíndice de materiais e equipamentos avançou ainda mais, 24,37%.


Na ótica da demanda, o mercado apresentou números recordes de vendas ao longo ano em razão das menores taxas de juros da história – embora em trajetória de alta no segundo semestre, acompanhando a alta da Selic e do consumo ainda mais forte das classes de alta e média-alta renda, que conseguiram preservar renda a despeito do baixo crescimento do país.

Os números do Índice no fechamento de 2021 mostraram ainda que as cidades de São Paulo e do Rio de Janeiro seguem com os maiores preços médios do metro quadrado para venda, apesar da alta mais tímida ao longo do ano: 9.708 reais e 9.650 reais no último mês do ano, respectivamente.

Outro destaque foram cidades do litoral catarinense: Florianópolis e três cidades ao norte como; Balneário Camboriú, Itapema e Itajaí que ficaram entre as dez cidades com o maior valor médio do metro quadrado entre as 50 cidades apuradas.

15 cidades com o maior preço do metro quadrado ao fim de 2021: