Home Destaques Mercado livre passa a usar quatro aviões próprios para entregas em todo...

Mercado livre passa a usar quatro aviões próprios para entregas em todo o Brasil

704
Mercado livre passa a usar quatro aviões próprios para suas entregas em todo o país
Mercado Livre passa a operar com quatro aviões para atender suas entregas

Gigante no comércio eletrônico e serviços financeiros da América Latina, o Mercado Livre (ML) acaba de incorporar a sua estrutura quatro novos aviões para agilizar suas entregas. Com o uso dessas aeronaves o grupo espera reduzir os prazos de envio dos pacotes no país, além de aumentar a capacidade de entregas para o dia seguinte.

Os aviões entram em operação bem a tempo da BlackFriday (27-nov) na famosa sexta-feira de promoções que é a grande esperança do comércio local para tentar recuperar partes das perdas durante a pandemia do novo coronavírus. As quatro aeronaves farão transporte de produtos armazenados em dois Centros de Distribuição nas cidades de São Paulo e Bahia.

Leia também:

Programação diária de provas das Olímpiadas de Tóquio


Segundo pesquisa da Ebit/Nielsen, o faturamento com as vendas online subiu 47% no primeiro semestre deste ano, totalizando 38,8 bilhões de reais. Ao todo, foram feitos 90,8 milhões de pedidos entre janeiro e junho de 2020.

Desde 2019, o Mercado Livre faz parcerias com companhias aéreas brasileiras. Durante a pandemia, a parceria ajudou a manter o setor de cargas vivo ao despachar grandes volumes de compras por via aérea. Em 2020, o Mercado Livre planeja investir no Brasil 4 bilhões de reais, o maior valor já gasto no país.

Em 2021, esse montante deve ser ainda maior. Além da ampliação da frota própria de entregas, esses investimentos envolvem a instalação de novos centros de distribuição e cross-dockings, e o desenvolvimento de novas ferramentas para reduzir o tempo e o custo de entrega do marketplace.