Home + Notícias da Página Principal Justificar voto online após Eleições 2020; baixar e-Título- passo a passo; situação...

Justificar voto online após Eleições 2020; baixar e-Título- passo a passo; situação eleitoral -2a via Título de Eleitor-requerimento pela internet

236

O eleitor que esteve fora de seu domicílio eleitoral no dia das eleições 2020 em todo o país (15 de novembro) precisa obrigatoriamente justificar sua ausência. Em cidades com segundo turno (29 de novembro), também deverá ocorrer a justificativa.

Devido à pandemia do novo coronavírus, houve mudança no calendário eleitoral, por isso a votação ocorreu mais tarde.

Como justificar o voto?

A justificativa para não votar deve ser feita pelo aplicativo e-Título pelo Sistema Justifica ou pelo formulário Requerimento de Justificativa EleitoralQuem não tiver acesso a um celular com internet, pode justificar presencialmente em qualquer lugar de votação até 60 dias após a data de cada turno.

** Além da justificativa de voto, no aplicativo e- Título também é possível emitir certidões de quitação eleitoral. (Veja abaixo mais informações, prazos, baixar o aplicativo e-Título, passo a passo)

>> A justificativa é válida somente para o turno ao qual o eleitor não compareceu. Assim, se deixou de votar no 1º e no 2º turno, terá que justificar a ausência em ambos, separadamente.

  • Justificar depois das eleições

>> Caso não apresente a justificativa no dia da votação, o eleitor ainda poderá justificar sua ausência : pelo e-Título, pelo Sistema Justifica ou pelo formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral (pós-eleição) em até 60 (sessenta) dias após cada turno da votação, acompanhado da documentação comprobatória da impossibilidade de comparecimento ao pleito. O acolhimento ou não da justificativa apresentada ficará, sempre, a critério do juiz da zona eleitoral em que o eleitor for inscrito.

Prazos para justificativa > 1º turno – até 14 de janeiro de 2021 / 2º turno – até 28 de janeiro de 2021.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), caso o eleitor não tenha smartphone ou acesso à internet, o processo pode ser feito presencialmente em qualquer lugar de votação até 60 dias após a data de cada turno.

Baixar aplicativo e-Título

> Android
.

> iOS
.

 

  • Sistema Justifica

Ferramenta que permite a apresentação do requerimento de justificativa eleitoral (RJE) pela internet após o dia da eleição. Ao acessar o Sistema Justifica, o eleitor deverá informar os dados pessoais (exatamente como registrados no cadastro eleitoral), declarar o motivo da ausência às urnas e anexar documentação comprobatória digitalizada.

Desde que corretamente preenchido o requerimento, será gerado código de protocolo para acompanhamento e o RJE será transmitido à zona eleitoral a que o eleitor pertencer para exame pelo juiz competente. O eleitor será notificado da decisão e, caso deferido o pedido de justificativa, será feito registro em seu histórico no Cadastro Eleitoral.

Caso surja mensagem de erro, o eleitor deve entrar em contato com a zona eleitoral em que for inscrito.

O contato das zonas eleitorais pode ser obtido na página do Tribunal Regional Eleitoral  da respectiva Unidade Federativa ou em www.tse.jus.br/eleitor/zonas-eleitorais/zonas-eleitorais

* Acessar o Sistema Justifica
.
.

>> Formulário –  Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE)

  • O formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE) poderá ser obtido gratuitamente na página do TSE , nas unidades de atendimento da Justiça Eleitoral (cartórios eleitorais, postos e centrais de atendimento ao eleitor), nas páginas da Justiça Eleitoral na internet.

O eleitor deve levar o formulário RJE preenchido, levar número da inscrição eleitoral e documento de identificação.

O contato das zonas eleitorais pode ser obtido na página www.tse.jus.br/eleitor/servicos/cartorios-e-zonas-eleitorais
.

>> Preenchimento online do Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE)
.

>> Fazer download do Requerimento de Justificativa Eleitoral (formato PDF)

.

>> Passo a passo para justificar o voto

1. Cadastro no aplicativo e-Título

– selecionar a aba “Mais opções”. Nela, há duas opções relacionadas à justificativa: na primeira, “Local para justificar”, uma lista de locais nos municípios para realizar o requerimento; na segunda, “Justificativa de ausência”, o formulário de requerimento.

– selecionar na primeira lista a eleição que deseja justificar a ausência. No segundo campo, escrever a justificativa para ter se ausentado da votação.

– Por fim, deve fornecer o e-mail de contato para receber a notificação de aprovação.

2. Próxima tela – o eleitor deve anexar um documento que comprove a necessidade de ter se ausentado da eleição. Este deve ser gravado em formato JPG, PNG ou PDF. Depois, concluir a solicitação.

O eleitor deve encaminhar o seu requerimento de justificativa de ausência em até 60 dias depois do turno no qual faltou. Dentro deste período, não é cobrada multa.

Prazos para justificativa > 1º turno – até 14 de janeiro de 2021 / 2º turno – até 28 de janeiro de 2021.
>> Após estes prazos, é cobrada uma taxa de R$ 3,51 para regularizar a situação do eleitor.
.

  • Documentos oficiais de identificação com foto (inclusive os digitais)

Consideram-se documentos oficiais de identificação, conforme o art. 94 da Resolução-TSE nº 23.611, de 2019:

  e-Título com fotografia;
  carteira de identidade, identidade social, passaporte ou outro documento de valor legal       equivalente, inclusive carteira de categoria profissional reconhecida por lei;
certificado de reservista;
carteira nacional de habilitação;
carteira de trabalho.
*Os documentos relacionados serão aceitos ainda que expirada a data de validade, desde que seja possível comprovar a identidade do eleitor.

*Não se admitem certidões de nascimento ou de casamento.

  • Multa / Consequências 

O eleitor que se ausentar das eleições 2020 e não justificar a ausência dentro do prazo estipulado pelo TSE terá que pagar uma multa no valor de R$3,50 por turno perdido.

A regra não vale para eleitores que não são obrigados a votar, como analfabetos, maiores de 16 e menores de 18, e maiores de 70 anos.

Quem estiver em débito com a Justiça Eleitora não poderá:

Tirar passaporte ou carteira de identidade;
Participar de concorrência pública;
Ter recebimentos, remuneração, salário ou emprego público;
Obter empréstimos em órgãos públicos;
Se inscrever em concurso ou prova para função pública;
Praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda;
Obter certidão de quitação eleitoral;

O eleitor que não votar por três eleições seguidas, não justificar nem quitar a multa devida terá a inscrição cancelada.