Home Destaques Pequenas e médias empresas poderão vender em live promovida pelo Google no...

Pequenas e médias empresas poderão vender em live promovida pelo Google no YouTube; Veja como participar

298

Pequenas e médias empresas poderão vender em live promovida pelo Google no YouTube; Veja como participarA necessidade do isolamento social em todo o país desde o mês de março, fez surgir em um primeiro momento uma ação solidaria entre artistas de vários gêneros musicais meio que instantaneamente, diante do sucesso das famosas “lives” os artistas visualizaram ali um novo modelo de negócios, aliando ajuda a faturamento e foi que se viu até os dias de hoje quando a ajuda ficou em” segundo plano” diante do grande número de anunciante que enxergaram nas lives um novo nicho de publicidade.

Apontada por especialistas como uma das grandes tendências para o varejo em 2020, esse tipo de iniciativa, chamada livestreaming commerce, reúne entretenimento e vendas a consumidores muitas vezes com tempo livre em suas residências.


O principal canal para que artistas divulguem suas “lives” tem sido o YouTube, maior plataforma de vídeos do mundo, e que pertence ao Google. Nesta semana, o próprio Google vai estrear uma iniciativa própria de livestreaming commerce. Chamado de Vitrine Digital, a live do YouTube vai promover produtos e serviços de pequenas e médias empresas brasileiras. Em cerca de uma hora, PMEs poderão apresentar seus produtos em seus próprios canais no YouTube.

As lives das empresas participantes serão divididas de acordo com os segmentos de atuação em listas de reprodução (playlists) criadas pelo canal do Google Brasil. Nos vídeos, os empreendedores terão entre 40 minutos e uma hora para apresentar seus produtos e serviços, além de interagir com a audiência em tempo real, aproveitando mais essa oportunidade para divulgar seus canais de vendas.

Empresas interessadas em participar desta primeira ação devem preencher o formulário até dia 11 de agosto. Inscritos poderão fazer um treinamento on-line para aqueles que ainda não têm canal no YouTube ou não sabe como fazer uma transmissão ao vivo.

Uma pesquisa on-line realizada pelo Google com cerca de um milhão de consumidores, mostrou que o brasileiro está aberto a um comércio digital mais interativo. No total, 20% dos entrevistados disseram já ter usado algum mecanismo de venda on-line interativa, enquanto outros 26% dizem que conhecem o formato, mas nunca usaram e 27% afirmam não conhecer o live commerce, mas que há interesse em experimentar esse tipo de interação.