Home Destaques Governo reduz número de aulas práticas em simulador para tirar CNH em...

Governo reduz número de aulas práticas em simulador para tirar CNH em todo o país

1766
aulas práticas em simulador para tirar CNH, Governo reduz número de aulas práticas em simulador para tirar CNH em todo o país
Fim da obrigatoriedade do simulador e carga horária, terá redução do valor em 15%

A partir de agora, interessados em tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) estão desobrigados a fazer exercícios em simuladores e poderão reduzir o número de aulas de direção à noite. O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) publicou no dia 17 de junho uma resolução que torna o uso do simulador opcional e diminui o número de horas-aula no período noturno de até cinco para apenas uma. Com as novas regras que entram em vigor em 15 de setembro, o tempo total de horas-aulas práticas para obter a habilitação cairá de 25 para 20 nas autoescolas de todo o país.


A resolução também reduziu de 20 para 5 as horas-aula necessárias para obter a ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotores) – que são veículos de duas ou três rodas e que não passam de 50 km/h. Por um ano, a partir do momento em que a nova resolução entrar vigor, os interessados em tirar a ACC também ficarão dispensados das aulas teóricas e práticas e poderão ir direto para as provas.

As novas regras foram formalizadas estão definidas desde abril. Segundo o ministério da Infraestrutura, as novas mudanças desburocratizam o serviço e não iriam prejudicar a qualidade da formação dos condutores.

As decisões que estimulam as CNHs, deverão ficar em média 15% mais baratas. Sobre os simuladores (exigidos desde 2017), o ministério da Infraestrutura afirma que “ninguém conseguiu demonstrar que isso tem importância para a formação” e que as aulas não são obrigatórias em outras países.

De acordo com o Sindautoescola-SP (que reúne as empresas do setor), no estado de São Paulo em média, a primeira habilitação custa cerca de R$ 1,5 mil na categoria B (carros) e R$ 1,2 mil na categoria A (motos).

Ainda segundo o sindicato, a partir de agora será esperado uma “diminuição drástica na procura dos serviços” das autoescolas até que as novas regras entrem vigor, já que vão facilitar a obtenção da CNH só a partir de setembro.

Entenda:
Primeira habilitação e adição de categoria

Obtenção – Categoria A e B
A – continua sendo de 20 horas-aula, das quais pelo menos 1 horaaula no período noturno – e não mais 4
B – passa de 25 para 20 horas-aula, das quais pelo menos 1 horaaula no período noturno – e não mais 5

Adição – Categoria A e B
A – Continua sendo de 15 horas-aula, das quais pelo menos 1 hora-aula no período noturno – e não mais 3.
B – Passa de 20 para 15 horas-aula, das quais pelo menos 1 hora-aula no período noturno – e não mais 4.

Simulador de Direção
• Simulador de direção veicular deixa de ser obrigatório e passa a ser facultativo (por opção do candidato) e limitado a 5 horas-aula
• As aulas no simulador deverão ser realizadas antes das aulas práticas
• O uso do simulador poderá ser compartilhado entre CFCs, desde que o equipamento esteja vinculado a outra instituição de ensino credenciada ou a centro de simulação fixo ou itinerante