Home Destaques Caixa Econômica antecipa pagamento do FGTS inativo; veja calendário, como receber e...

Caixa Econômica antecipa pagamento do FGTS inativo; veja calendário, como receber e mais informações

2675
Caixa Econômica antecipa pagamento do FGTS inativo; veja calendário, como receber e mais informações, Caixa Econômica antecipa pagamento do FGTS inativo; veja calendário, como receber e mais informações
Tem direito ao saque trabalhadores que fazem aniversário em setembro, outubro e novembro

A Caixa inicia no próximo sábado (10-jun) a quarta fase de pagamentos das contas inativas do FGTS para trabalhadores que fazem aniversário em setembro, outubro e novembro. Previsto inicialmente para o dia 16 de junho, o pagamento do lote foi antecipado em razão do feriado de Corpus Christi (15 de junho). O valor disponível ultrapassa R$ 10,9 bilhões, que correspondem a 25% dos recursos disponíveis no programa.




No sábado, 2.015 agências da Caixa estarão abertas, das 9h às 15h, exclusivamente para o pagamento das contas inativas e esclarecimento de dúvidas sobre o tema. Além disso, o atendimento do banco vai funcionar duas horas mais cedo nos dias 12, 13 e 14 de junho. A relação das agências está disponível no site www. caixa.gov.br.

Para quem tem conta poupança individual na Caixa, o crédito também será antecipado e mais de 2,4 milhões de trabalhadores receberão automaticamente seus recursos. Já a transferência para clientes de outros bancos poderá ser feita sem cobrança de taxas. No sábado, a operação, via DOC, é limitada a R$ 5 mil e levará um dia útil para cair na conta.

O prazo final para todos os trabalhadores sacarem os recursos é 31 de julho. A previsão é que o último lote, para nascidos em dezembro, seja pago a partir de 14 de julho. Tem direito ao saque quem pediu demissão ou foi demitido por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

Segundo balanço da Caixa 81% dos 20,1 milhões de trabalhadores nascidos entre janeiro e agosto e que têm direito ao benefício já sacaram os recursos. Ao todo, 30,2 milhões de trabalhadores serão contemplados com o saque.

Dúvidas comuns:

Quando posso sacar?
A partir de 10 de março: nascidos em janeiro e fevereiro
A partir de 10 de abril: nascidos em março, abril e maio
A partir de 12 de maio: nascidos em junho, julho e agosto
A partir de 10 de junho: nascidos em setembro, outubro e novembro
A partir de 14 de julho: nascidos em dezembro e os nascidos nos meses anteriores que não fizeram os saques nas datas previstas (quem não sacar até 31 de julho não poderá mais retirar o dinheiro)

Quem pode sacar o FGTS de contas inativas?
Todo trabalhador que teve um contrato de trabalho finalizado até 31/12/2015 e tenha saldo nesta conta.

O que é uma conta inativa?
Uma conta fica inativa quando deixa de receber depósitos da empresa devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho. São contas de FGTS de contratos de trabalho encerrados até 31/12/2015.

É possível ter mais de uma conta inativa?
Sim, pois todo contrato de trabalho com carteira assinada possui uma conta de FGTS vinculada. Portanto, você terá mais de uma conta inativa se possuir mais de uma conta FGTS com saldo e movimentação até 31/12/2015.

Quem pediu demissão ou foi demitido por justa causa também poderá sacar?
Sim, desde que o desligamento do emprego tenha sido feito até 31/12/2015.

É possível sacar o FGTS de um emprego atual?
Não. Apenas saques de contas inativas estão liberados.

Como saber se tenho uma conta inativa no FGTS e o saldo?
O trabalhador pode consultar o site do FGTS. Para acessar o extrato, é preciso ter em mãos o número de identificação social (PIS/Pasep), encontrado na carteira de trabalho, e uma senha, chamada Senha Cidadão, que pode ser criada no momento do acesso neste endereço.

O extrato informa os dados cadastrais e os lançamentos realizados na conta nos últimos seis meses. Saldo e extrato de contas vinculadas, inclusive as inativas, também são informados na página. Pela internet, é possível conferir o extrato no site do FGTS. Para isso, é preciso ter cadastrada uma senha eletrônica, que pode ser criada em uma página da Caixa.

Trabalhadores que já faleceram
Filhos, cônjuges e dependentes de trabalhadores que já faleceram também poderão sacar os recursos em contas inativas do FGTS. As regras para essas pessoas não mudaram. Para ter acesso aos valores, no entanto, é necessária a apresentação da carteira de trabalho do titular da conta, além da identidade do sacador.

De acordo com as regras do FGTS, caso a família não tenha um inventário deixado pelo ente falecido indicando a divisão de bens, é preciso ir até o INSS e solicitar a emissão de uma declaração de dependência econômica e da inexistência de dependentes preferenciais.

Também é necessário apresentar a identidade e o CPF dos filhos do trabalhador que forem menores de idade. Nesse caso, os recursos serão partilhados e depositados na caderneta de poupança desses dependentes, que só poderão acessá-la após completarem 18 anos.

Para tirar outras dúvidas sobre as regras para receber o dinheiro clique aqui.