Home Destaques MEC prepara consulta pública para novo Enem; veja como ficará o Exame...

MEC prepara consulta pública para novo Enem; veja como ficará o Exame Nacional do Ensino Médio e mudanças também no Sisu 2017

876

novo-enem-2017




No dia 18 de janeiro de 2017  o Ministério da Educação (MEC) irá abrir a consulta pública para o novo modelo do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A intenção é adequar o Enem à reforma do ensino médio, que atualmente está em discussão no Congresso Nacional. Parte da carga horária do ensino médio será voltada a um aprendizado comum, definido pela Base Nacional Comum Curricular, que ainda está em discussão; e, na outra parte, o estudante poderá escolher entre cinco itinerários formativos: linguagens; matemática; ciências da natureza; ciências humanas; e formação técnica e profissional.

>> Algumas possíveis mudanças chegaram a ser debatidas, como a possibilidade de o exame não servir para certificar a conclusão do ensino médio e a exclusão dos treineiros (aqueles que fazem as provas só para testar os conhecimentos), para eles, em troca, seria aplicado um simulado nacional, em julho, antes do Enem, que ocorre sempre no final do ano.




Uma das possibilidades, proposta por especialistas, é que haja modelos diferentes de Enem, mais direcionados para o que os estudantes aprenderam na etapa de ensino. No final do ano passado, o ministério disse que as questões que serão colocadas na consulta ainda não estavam definidas.

Atualmente, as notas do Enem podem ser usadas para ingressar no ensino superior público pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além disso, também pode ser usado para obter a certificação do ensino médio.

Sisu 2017

O Ministério da Educação (MEC) divulgou algumas mudanças para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2017. A partir de agora, as instituições públicas de educação superior que adotam o Sisu para o preenchimento de vagas em cursos de graduação terão mais flexibilidade na utilização das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

sisu-2017-data-inscricoesNa Portaria Normativa do MEC nº 2/2017, publicada no Diário Oficial da União de 5-jan, o Sisu agora permite ampliar as opções de peso e de notas mínimas estabelecidas pelas instituições referentes às provas do Enem para a seleção dos candidatos.

As instituições participantes do Sisu também poderão exigir dos candidatos, para cada curso e turno ofertado, uma média mínima referente a todas as provas do Enem ou continuar a indicar uma nota mínima para cada uma das provas, como era feito antes.




Também será possível combinar essas duas possibilidades. Ou seja, usar a nota mínima por prova e também a média obtida com a soma dessas notas. Para o MEC, a mudança pode beneficiar estudantes que conseguem média considerada adequada pela instituição de educação superior, mas que têm desempenho inferior em alguma das provas e reforça a autonomia das instituições para escolher seus candidatos.

Datas de inscrição
As datas para a abertura do Sisu 2017 deste primeiro semestre ainda não foram liberadas pelo MEC. Segundo a assessoria de imprensa do órgão,essas informações deverão ser divulgadas após o dia 19 de janeiro, quando sairá o resultado do Enem.

>> As demais alterações podem ser conferidas na íntegra da Portaria Normativa do MEC nº 2/2017 no Diário Oficial da União.