Home Futebol Ano de Olimpíadas e Copa América mexem com calendário do futebol brasileiro...

Ano de Olimpíadas e Copa América mexem com calendário do futebol brasileiro em 2024

Ano de Olimpíadas e Copa América mexem com calendário do futebol brasileiro em 2024

Ano de Olimpíadas e Copa América mexem com calendário do futebol brasileiro em 2024O que os clubes de futebol brasileiros esperam para a temporada de 2024, ano em que acontece as disputas de Copa América e Olimpíadas.

Em 2016 e 2021 foram os dois últimos em que Copa América e Olimpíada precisaram coexistir no calendário de competições elaborado pela CBF. Para 2024, há importantes diferenças a serem observadas.

Para 2024, a CBF fará um esforço para preservar as Datas Fifa (cinco, que ocupam 15 datas no calendário) e não causar grandes prejuízos aos clubes. Em um cenário ideal, também seria necessária a interrupção do calendário nacional para a celebração da Copa América nos EUA, de 20 de junho a 14 de julho e dos Jogos Olímpicos de Paris que acontecem entre 24 de julho e 11 de agosto, mas não contam como Data Fifa e tampouco obrigam os clubes a ceder atletas.

Continua após a publicidade


O Brasil é atual bicampeão olímpico e terá de negociar com clubes brasileiros e estrangeiros para montar um forte time sob o comando de Ramon Menezes para subir novamente no lugar mais alto do pódio. Mas novamente o calendário do futebol nacional pode prejudicar as várias partes: seleção brasileira, clubes e a própria imagem das competições da CBF, que podem ficar esvaziadas.

Mantidos os números de datas reservadas para competições no País, teremos espaços exclusivos para Estaduais (16 datas), Brasileirão (38), Pré-Libertadores e fases 1 e 2 da Copa do Brasil (4), Libertadores e Sul-Americana (14) e demais fases da Copa do Brasil (10). Supercopa do Brasil, Recopa Sul-Americana e finais de Libertadores e Sul-Americana são colocadas em datas coincidentes, pois não há garantia de participação brasileira. Quando há, o time tem de realocar seus jogos em possíveis datas vagas. Apenas eliminações precoces “ajudam” nesse cenário.

Número total de datas que cada competição necessita:
Estadual: 16 jogos*
Brasileirão: 38 jogos
Libertadores: 13 a 17 jogos/ Sul-Americana: 13 a 15 jogos
Copa do Brasil: 10 a 12 jogos
Mundial de Clubes: 2 jogos
Supercopa do Brasil: 1 jogo
Recopa Sul-Americana: 2 jogos
*Apesar da CBF disponibilizar 16 datas, apenas São Paulo ocupou todas em 2023 entre os principais polos. Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul realizaram um máximo de 15 partidas, e Minas Gerais 12.