Home Futebol Jogo em andamento entre Brasil e Argentina é interrompido pela Anvisa

Jogo em andamento entre Brasil e Argentina é interrompido pela Anvisa

228
Jogo em andamento entre Brasil e Argentina é interrompido pela Anvisa
Agentes da Anvisa e PF interrompem jogo entre Brasil x Argentina

Um fato histórico para a história do futebol aconteceu neste domingo (5-set) durante a partida entre Brasil x Argentina válida pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, o jogo precisou ser paralisado depois que agentes da Anvisa entraram no gramado do estádio do Corinthians com o intuito de impedir que quatro jogadores argentinos (Emiliano Martinez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero) entraram no país de forma irregular com origem da Inglaterra.

Diante da intervenção com a bola rolando, a seleção argentina deixou o campo e foi direto para o vestiário. A confusão à beira do campo começou aos cinco minutos quando funcionários da Anvisa tentaram impedir a entrada dos jogadores em campo, mas não conseguiram. Minutos depois, toda a seleção argentina deixou o gramado, apesar de os quatro jogadores envolvidos serem o goleiro Emiliano Martínez, o zagueiro Cristian Romero, o volante Lo Celso e o meia-atacante Emiliano Buendía (os três primeiros estavam entre os titulares).


No início da tarde, a Anvisa chegou a emitir um comunicado no qual apontou “risco sanitário grave, e por isso orientou às autoridades em saúde locais a determinarem a imediata quarentena dos jogadores, que estão impedidos de participar de qualquer atividade e devem ser impedidos de permanecer em território brasileiro”.

Segundo a Anvisa, os quatro jogadores declararam não ter passagem por nenhum dos quatro países com restrições nos últimos 14 dias (entre eles, a Inglaterra). Os viajantes chegaram ao Brasil em voo de Caracas/Venezuela com destino a Guarulhos. Porém, notícias não oficiais chegaram à Agência denunciando supostas declarações falsas prestadas por tais viajantes.

Enquanto a delegação argentina estava no vestiário, Messi e o técnico Scaloni foram à beira do campo para conversar com jogadores da seleção brasileira, o técnico Tite e o coordenador Juninho Paulista. Nos corredores do estádio foi possível ver o presidente em exercício da CBF, Ednaldo Rodrigues e um dos vices da entidade, Gustavo Feijó. O presidente da AFA, Chiqui Tapia, também está no estádio. A posição da seleção argentina é não jogar diante da determinação das autoridades brasileiras.


Comunicado da Fifa
Em nota, a Conmebol confirmou a suspensão do jogo: “Por decisão do árbitro da partida, a partida organizada pela Fifa entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo está suspensa. O árbitro e o comissário de jogo enviarão um relatório ao Comitê Disciplinar da Fifa, que determinará as etapas a serem seguidas”.

“Esses procedimentos obedecem estritamente aos regulamentos atuais. As eliminatórias da Copa do Mundo são uma competição da Fifa. Todas as decisões relativas à sua organização e desenvolvimento são da competência exclusiva daquela instituição”, completa o comunicado.

A Fifa irá se pronunciar sobre a próxima data para a realização da partida.