Home Futebol Clubes da Série A do Brasileiro se unem contra Flamengo após decisão...

Clubes da Série A do Brasileiro se unem contra Flamengo após decisão polêmica do STJD

128

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva negou o pedido de 19 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro para derrubar liminar que permite a entrada de público nos jogos com mando do Flamengo, os clubes articulam nos bastidores uma possível paralisação e adiamento da 21ª rodada.

Os outros 19 clubes acreditam haver um “desequilíbrio técnico” e falta de “isonomia” por parte do Flamengo e do próprio STJD que pende para o lado dos cariocas sempre.


Nesta quarta-feira (15), o Flamengo receberá o Grêmio, no Maracanã, pela volta das quartas de final da Copa do Brasil, com a presença de seus torcedores, o que irritou o clube gaúcho e o fez cogitar nem entrar em campo. Além do Grêmio, outro time que se posicionou contra o Flamengo nos últimos dias foi o Santos. O presidente Andrés Rueda criticou a atuação dos cariocas no assunto da volta das torcidas e pediu união aos clubes da elite brasileira.

A situação atual é um espelho da sociedade. Todo mundo aceita tudo, democrata, desde que a sua própria ideia seja a vencedora. Entre os clubes, se fala em união, criar liga e tal, e na primeira oportunidade um time começa a atuar dentro do interesse próprio. Isso dificulta muito uma união. Unir passa por momento de ceder“, afirmou Rueda, na última semana.

A possibilidade já havia sido discutida no Conselho Técnico extraordinário do Brasileirão, no início de setembro. O amparo legal para a ideia está em texto divulgado pela CBF após encontro com 19 times da primeira divisão do Brasileirão: “Por fim, caso os clubes sinalizem com a utilização de liminar para contar com público nos estádios, a CBF irá analisar juridicamente a questão, uma vez que interfere na esfera de direito de terceiros adquirentes de propriedades comerciais da competição.”

Nos bastidores, o tom é de grande irritação com a manutenção da liminar que libera a torcida do Flamengo nos estádios. Embora as conversas para adiar a rodada ainda sejam preliminares, a maioria dos clubes já sinalizou apoio à ideia de boicote aos jogos programados para os dias 18, 19 e 20 de setembro.