Home + Notícias Novo Pacaembu, reforma tem início com demolição do tobogã e criação de...

Novo Pacaembu, reforma tem início com demolição do tobogã e criação de espaço integrado

179
Novo Pacaembu, reforma tem início com demolição do tobogã e criação de espaço integrado
Arquibancada (tobogã) é demolida para reforma do estádio

Casa mais tradicional do futebol paulista, a reforma do Estádio do Pacaembu foi iniciada com a demolição do tobogã (setor da arquibancada), a obra faz parte da reformulação do estádio, e autorizada pela prefeitura após a concessão privada para a empresa Allegra Pacaembu.

A obra, tem previsão de conclusão em 2023 e promete a edificação de um prédio com cinco andares e quatro subsolos, além de um centro de convenções com lojas e serviços de alimentação. Outra novidade no local será o desenvolvimento da maior arena battle royale do mundo (eSports) com capacidade para 2.000 pessoas, em parceria com a holding de entretenimento BBL.

Leia também:

Programação diária de provas das Olímpiadas de Tóquio


O setor da arquibancada foi inaugurado em 1970, trinta anos depois da abertura do estádio (1940). Quando construído, também levou abaixo um clássico elemento: a concha acústica do Pacaembu. A próxima etapa do projeto será a reforma das arquibancadas laterais leste e oeste. A ideia é criar áreas internas, como as ocupadas pelo Museu do Futebol. De acordo com a concessionária, uma nova estrutura será construída com banheiros e lanchonetes sob as arquibancadas. Durante o período, o museu seguirá funcionando normalmente.
Novo Pacaembu, reforma tem início com demolição do tobogã e criação de espaço integrado
Área do Tobogã dará lugar a uma construção com diversos usos para o estádio

O clube poliesportivo também será reformado. O ginásio poliesportivo voltará a ter uma abertura na fachada norte e os arcos de madeira que compõem a cobertura serão recuperados. Da mesma forma, a quadra de tênis também terá sua cobertura original recuperada. A piscina, que permanecerá com acesso livre e gratuito, vai ter lanchonete, banheiros e vestiários novos.

Recentemente, o Pacaembu foi utilizado como hospital de campanha para internados com a Covid-19, em um, mais um belo capítulo da história do estádio, uma das sedes da Copa do Mundo de 1950, e casa mais tradicional do futebol paulista.

O Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu) completou 80 anos em 2020, até 1950, ele era considerado o maior estádio do país. O primeiro jogo de sua história foi em 28 de abril de 1940, um dia depois da inauguração. O Palestra Itália, atual Palmeiras, venceu o Coritiba por 6 a 2.

Ao longo dos 80 anos de existência, os gramados do estádio mais queridinho dos paulistanos recebeu partidas históricas. Uma delas foi em 2012, na final da Libertadores, quando o Corinthians venceu o Boca Juniors por 2 a 0. Em 1950, o estádio também sediou seis jogos da Copa do Mundo coroando seu nome na história de São Paulo, a maior cidade da América Latina.