Home + Notícias da Região Recopa: Palmeiras conta com retrospecto positivo em decisões para mais uma final

Recopa: Palmeiras conta com retrospecto positivo em decisões para mais uma final

408
Recopa: Palmeiras conta com retrospecto positivo em decisões para mais uma final
Após vitória por 2 a 1, Palmeiras precisará de apenas um empate para ser campeão

Mesmo perdendo a final da Supercopa do Brasil, torneio criado em 2020 pela CBF, o Palmeiras segue para uma importante disputa nesta semana, no segundo jogo da final da Recopa Sul-Americana na quarta-feira (14-abr), às 21h30 no estádio Mané Garrincha contra o argentino Defensa y Justicia. Campeão de quase todos os títulos na temporada passada, o Verdão conta com retrospecto positivo em competições eliminatórias.

A temporada de 2020 ficou marcada na história do Palmeiras como uma das mais vitórias do clube. Com exceção do Mundial de Clubes, o maior campeão nacional levantou o troféu de todos os torneios de mata-mata disputados. Não fosse a derrota por 2 a 0 para o River Plate no jogo de volta das semifinais da Libertadores, os três títulos de 2020 seriam conquistados sem nenhum revés em decisões.

Leia também:

Jogos Olímpicos Tóquio ao vivo pela internet


Em 21 jogos disputados em fases eliminatórias em 2020/2021, entre Paulistão, Libertadores, Copa do Brasil e Mundial de Clubes, o Verdão somou 13 vitórias, cinco empates e apenas três derrotas. Além dos resultados positivos, o número de gols nessas partidas chama a atenção, com destaque para a goleada por 5 a 0 sobre o Delfín-EQU e a vitória por 3 a 0 sobre os Millionários, na Argentina. Totalizando 35 tentos, a média é de 1,7 gols por confronto.

Mesmo com a perda do título da Supercopa do Brasil para o Flamengo, o Palmeiras segue invicto na temporada, com três vitórias e três empates. Desde de novembro de 2020 no Alviverde, Abel Ferreira terá a chance de faturar o terceiro troféu da carreira diante na próxima quarta, diante do Defensa y Justicia. Com a vitória por 2 a 1 na Argentina, o Palestra precisa de apenas um empate para sair campeão.

Além da busca pelo título inédito, o Verdão terá a missão de quebrar uma marca ruim em finais contra equipes argentinas. Foram duas decisões contra os Hermanos e dois vices, as Libertadores de 1968, para o Independiente, e a de 2000, para o Boca Juniors.
Fonte: Lance!