Home Futebol Palmeiras vence River Plate no jogo de ida da Libertadores e praticamente...

Palmeiras vence River Plate no jogo de ida da Libertadores e praticamente garante sua vaga na final

209
Palmeiras vence River Plate no jogo de ida da Libertadores e praticamente garante sua vaga na final
Rony faz a diferença em noite de vitória Palmeirense sob o River

A noite de terça-feira (5-jan) foi certamente melhor do que o Palmeiras esperava para o confronto contra o River Plate da Argentina em jogo da primeira partida da semifinal da Copa Libertadores, após a vitória de 3 a 0 em uma noite para ficar na memória dos torcedores. Agora, o Palmeiras aguarda o River no Allianz Parque (São Paulo), na próxima terça-feira (12) para confirmar a vaga na final.

Com a vitória de 3 a 0, o Verdão está em situação confortável e pode até perder por dois gols de diferença no jogo de volta no Allianz Parque na próxima terça-feira (12) para confirmar a vaga na final, marcada para o próximo dia 30, no Maracanã. Gols marcados fora de casa são considerados critério de desempate.

Rony foi eleito o melhor jogador de três partidas nesta Libertadores, Rony começou a abrir o caminho da grande vitória palmeirense em Buenos Aires. Ele aproveitou o erro de Armani e chutou firme, cruzado, no momento do jogo em que o Palmeiras pouco atacava. Foi o quinto gol dele nas últimas seis partidas na competição. Os jovens, Patrick de Paula, Danilo e Gabriel Menino jogaram muito, também.


Atuação do Palmeiras
Concentradíssimo no primeiro tempo, o Palmeiras melhorou muito a partir do momento que Gabriel Menino passou a fechar uma linha de cinco na defesa. Com a vantagem no primeiro tempo, o time voltou atuando de forma agressiva depois do intervalo e cansou de criar chances roubando a bola do River já no campo de ataque. A estratégia de Abel Ferreira foi atuar sem a bola e com uma saída rápida para o ataque. Deu muito certo. Grande atuação alviverde, que poderia ter saído com uma goleada.

GOLS:
Rony, aos 27 minutos do primeiro tempo (0-1); Luiz Adriano, aos dois minutos do segundo tempo (0-2); Viña, aos 16 minutos do segundo tempo (0-3)

RIVER PLATE:
Armani; Montiel, Rojas, Pinola e Casco (Girotti); Nacho Fernández (Álvarez), Pérez (Díaz) e De La Cruz; Suárez (Poncio), Borré e Carrascal.
Técnico: Marcelo Gallardo

PALMEIRAS:
Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Alan Empereur e Viña; Danilo (Zé Rafael), Patrick de Paula (Emerson Santos) e Gabriel Menino; Gustavo Scarpa (Raphael Veiga), Rony (Breno Lopes) e Luiz Adriano (Willian).
Técnico: Abel Ferreira