Home + Notícias da Página Principal Corinthians celebra os 30 anos da conquista de seu primeiro título do...

Corinthians celebra os 30 anos da conquista de seu primeiro título do Brasileirão; Veja gols

429
Corinthians celebra os 30 anos da conquista de seu primeiro título do Brasileirão
Com atuação impecável Neto foi o destaque do campeonato

16 de dezembro: O ano foi o de 1990, passados exatos 30 anos, o Corinthians conquistava seu primeiro título do Campeonato Brasileiro. Com uma equipe simples, mas com o brilho individual do atacante Neto, com 24 anos na época. O time treinado pelo técnico Nelsinho Baptista, jogava diante de mais de 100 mil pessoas no estádio do Morumbi, contra seu segundo maior rival, o São Paulo em partida vencida por 1 a 0, com gol de Tupãzinho, repetindo o mesmo placar do primeiro jogo, três dias antes, quando Wilson Mano marcou o único gol.


O time não era badalado ou chamava grandes atenções no início do ano. A equipe contava com jogadores formados nas categorias de base corintiana, como o goleiro Ronaldo, e algumas peças vindas do interior paulista, como o zagueiro Guinei. E, dessa forma, o Timão iniciou sua campanha na competição de forma tímida.

Escalação do Corinthians
O Timão entrou em campo com Ronaldo, Giba, Marcelo, Guinei e Jacenir; Márcio, Wilson Mano, Tupãzinho e Neto; Fabinho e Mauro. Foi exatamente o time-base que brilhou na fase de mata-mata.

Naquela campanha, o Corinthians disputou 25 jogos, com 12 vitórias, oito empates e cinco derrotas. Foram 23 gols marcados e 20 sofridos, o que comprova uma equipe extremamente equilibrada, que sempre jogava no seu limite. Esse título, por ser o primeiro a nível nacional, marcou toda uma geração de torcedores do Corinthians que, posteriormente, viram o clube conquistar outras seis vezes o Brasileirão (1998, 1999, 2005, 2011, 2015 e 2017).

O grande nome da equipe, que se tornou destaque ao longo do campeonato, foi o atacante Neto (José Ferreira Neto). O camisa 10 corintiano era a principal esperança de gols, com suas cobranças de falta e chutes sempre certeiros. Um fato curioso é que Neto chegou ao Corinthians vindo diretamente de seu maior rival em uma troca que cedeu Ribamar ao Palmeiras.

Eterno ídolo do Corinthians, Neto falou durante uma entrevista naquela tarde de 16 de dezembro de 1990 “Eu tenho medo é de não ganhar o título, porque é uma oportunidade muito boa na minha vida. Jamais vou esquecer. Se eu conseguir levar o Corinthians a ser campeão brasileiro, não sei o que vai acontecer. Os corintianos jamais vão esquecer, e eu, também”.