Home Esportes Formula 1: Após ser prejudicado na disputa do título, Hamilton fala em...

Formula 1: Após ser prejudicado na disputa do título, Hamilton fala em aposentadoria

396
Formula 1: Após ser prejudicado na disputa do título, Hamilton fala em aposentadoria
Hamilton pensa em deixar a F1 após decisões errôneas da direção de prova

Após uma das melhores temporadas da Fórmula 1, e um desfecho de campeonato muito questionado pela conduta da direção de prova na penúltima volta do GP de Abu Dhabi quando de forma controversa Vertappen que usou de sua habitual “agilidade” e posicionou o carro de forma errada ao lado de Lewis Hamilton na relargada após um acidente, torcedores da principal categoria do automobilismo se questionavam como ficaria a posição de Hamilton para a temporada de 2022.

Neste final de semana começaram a circular no meio automobilístico e imprensa esportiva que o Lewis Hamilton estaria bastante inclinado a deixa a Fórmula 1 e antecipando sua aposentadoria.


Se o piloto britânico realmente se aposentar, a Mercedes tem um grande problema e com essa possibilidade, alguns nomes começam a circular como possíveis substitutos. Valtteri Bottas que assinou um contrato com a Alfa Romeo, poderia retornar a equipe no ano que vem.

A Alfa Romeo teria então que procurar um substituto para Bottas, e nessa hipotética situação, talvez a Mercedes pudesse ajudá-los. Com Stoffel Vandoorne eles têm um ex-piloto de F1 como piloto reserva e Nyck de Vries também tem muita experiência, embora não na Fórmula 1. Por outro lado, a Alfa Romeo teria a chance de trazer Antonio Giovinazzi de volta.

Outra opção para a equipe Mercedes seria Esteban Ocon. Ele também foi contratado por um longo período pela Alpine, mas como ex-junior da equipe alemã ainda poderia estar no radar de Toto Wolff. Ocon tem experiência e a Alpine poderia estar interessada em ‘vender’ o francês para a Mercedes por uma boa quantia em dinheiro.

A Alpine resolveria então um ‘problema de luxo’ chamado Oscar Piastri. O campeão da F2 de 2021 tem que se contentar com uma posição de reserva na Alpine em 2022.


Se a Mercedes estivesse procurando um piloto experiente para ficar ao lado do jovem talento George Russell, então o alemão Sebastian Vettel poderia ser um nome forte. Com sua experiência, o piloto poderia ser bom negócio para a equipe alemã em um primeiro momento.

Outra alternativa, mas não muito provável, seria promover um dos pilotos reserva. Stoffel Vandoorne e Nyck de Vries se deram bem pela Mercedes na Fórmula E, com De Vries conquistando o título na categoria, enquanto Vandoorne leva vantagem com sua experiência na Fórmula 1 na McLaren.

Agora resta saber quais são as reais intenções de Hamilton para 2022, ainda existe a possibilidade de o piloto deixar a Mercedes e correr pela Ferrari em 2023 ou caso aconteça uma reviravolta ainda em 2022, o que seria um sonho para os ferraristas em todo o mundo.

Mostrando seu descontentamento com a direção de prova da F1, Hamilton não compareceu a festa de gala da FIA na semana passada. Por regulamento os três primeiros pilotos do Campeonato Mundial são obrigados a comparecer à festa de gala da FIA. Quando isso acontece, pode haver consequências do tipo uma penalização pra Hamilton que poderia largar em décimo primeiro lugar, no máximo, na próxima corrida no Bahrein em 20 de março.