Home Esportes Construção de novo autódromo no Rio de janeiro é rejeitada em definitivo

Construção de novo autódromo no Rio de janeiro é rejeitada em definitivo

239

Construção de novo autódromo no Rio de janeiro é rejeitada em definitivoPrometido por políticos do Rio de Janeiro e até pelo Presidente da República, o tão falado projeto para a construção de um novo autódromo em Deodoro, na zona norte da cidade para receber o GP de Fórmula 1 teve seu fim decretado após a Câmara dos Vereadores do Rio realizar uma votação quase unânime nesta semana em que foi aprovado em primeiro turno um projeto de lei que cria o Refúgio de Vida Silvestre (REVIS) no terreno.


Na época em que o movimento foi iniciado, por políticos e empresários do Rio existia uma disputa política entre o governo de São Paulo e o carioca, mas após uma série de escândalos de desvio de dinheiro no governo e prefeitura do Rio a disputa foi vencida por São Paulo que recebe a prova deste ano na semana que vem.

Na época da eleição, a Comissão Estadual de Controle Ambiental (Ceca), ligada à Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, havia dado à empresa Rio Motorpark, vencedora da concessão promovida pela prefeitura, a opção de apresentar estudos complementares para conceder ou não a licença prévia do autódromo. Isso manteve viva a possibilidade de a concessionária um dia conseguir iniciar a obra.

Mas, a Câmara do Rio aprovando o projeto de lei que tem como objetivo preservar os exemplares raros, endêmicos, ameaçados de extinção ou insuficientemente conhecidos da fauna e da flora, recuperar a qualidade da água dos mananciais e a cobertura vegetal existente o projeto foi encerrado definitivamente.