Home Esportes Chama Olímpica dos Jogos de Inverno de Pequim-2022 é acesa em cerimônia...

Chama Olímpica dos Jogos de Inverno de Pequim-2022 é acesa em cerimônia na Grécia

192

Chama olímpica dos Jogos de Inverno de Pequim-2022 é acesa em cerimônia na GréciaA chama olímpica dos Jogos de Inverno de Pequim-2022 (de 4 a 20 de fevereiro) foi acesa em Olímpia, na Grécia nesta segunda-feira (18-out). A chama foi acesa pouco depois das 11h locais (6h de Brasília) pelos raios de sol nas ruínas do templo antigo de Hera, em Olímpia, berço dos Jogos da Antiguidade.

A cerimônia teve a presença de Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), da presidente da República da Grécia, Katerina Sakellaropoulou, de representantes dos comitês olímpicos grego e chinês.

Várias atrizes com vestidos longos similares aos das antigas sacerdotisas fizeram uma coreografia no antigo estádio, nesta segunda-feira, antes da cerimônia de acendimento da tocha olímpica. Vestida como uma antiga sacerdotisa grega, a atriz Xanthi Georgiou acendeu a chama da maneira tradicional, graças aos raios de sol que passaram através de espelho parabólico.


Nestes tempos difíceis que vivemos, os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim-2022 serão um momento importante para reunir o mundo em um espírito de paz, de amizade e de solidariedade“, declarou o presidente do COI, Thomas Bach.

Bach fez um apelo por mais solidariedade dentro das sociedades “Como a pandemia mundial de coronavírus mostrou claramente, podemos enfrentar os muitos desafias do mundo apenas com solidariedade. (…) Não há paz sem solidariedade“, afirmou.

O atleta grego Vasilis Papavassiliou será o último a carregar a tocha nesta segunda-feira em Olímpia, depois que os organizadores decidiram adotar um percurso mais curto do que em outras edições.

Tradicionalmente, a chama olímpica percorre centenas de quilômetros em vários dias, atravessa 50 cidades e áreas arqueológicas da Grécia, com um revezamento que inclui artistas e atletas de todo mundo.

Mas diante da pandemia mundial, em um fato sem precedentes no passado recente, a tocha olímpica será carregada por apenas duas pessoas, um chinês e um grego, em menos de 24 horas, até o estádio Panathinaiko. Lá, será entregue ao comitê de organização de Pequim-2022, sem a presença de público.