Home + Notícias F1: Mercedes está muito próxima de anunciar novo piloto para a equipe

F1: Mercedes está muito próxima de anunciar novo piloto para a equipe

275
F1: Mercedes está muito próxima de anunciar novo piloto para a equipe
Fraco desempenho de Bottas nesse início de temporada podem acelerar as mudanças

As definições sobre quem irá ocupar a segunda vaga na equipe Mercedes de Fórmula 1 em 2022 caminham para o nome de George Russell. Com a crescente insatisfação com as atuações de Valtteri Bottas, a informação que surge agora é que Toto Wolff, chefe de equipe e diretor-executivo da Mercedes, recomendou que Russell fique pronto para assumir a vaga em 2022.

Segundo veículos esportivos da Europa, as movimentações nos bastidores para que a substituição ocorra já começaram. Assim, a Mercedes começa a desenhar uma definição para a maior pergunta atual do grid da Fórmula 1 para o ano que vem sobre Russell, Esteban Ocon. e quem será o companheiro de equipe de Lewis Hamilton.

Leia também:

Programação diária de provas das Olímpiadas de Tóquio


Já Bottas projetou definir o futuro da carreira até o próximo mês. Se for essa a decisão final, precisa de tempo para buscar opções para 2022. Os jornais apontam que o anúncio do fim da passagem do finlandês pela Mercedes pode ser feito nos próximos dias. A passagem de Bottas por Brackley dura desde 2017, quando foi escolhido para substituir Nico Rosberg, que anunciou a aposentadoria dias após o título de 2016.

Piloto ligado à Mercedes desde a adolescência, Russell estreou na equipe em 2020, quando precisou substituir Hamilton no GP de Sakhir, uma vez que o heptacampeão mundial testou positivo para a Covid-19. George impressionou com boa atuação, que só não rendeu uma vitória por conta de um erro da própria Mercedes em um pit-stop e, depois, por um furo de pneu.

Apontada como “iminente” e “lógica” por pessoas do paddock, como Helmut Marko, consultor da Red Bull, a troca agora ganha corpo. Apesar de não ser praxe da Mercedes anunciar mudanças no meio de um campeonato, a situação decepcionante de Valtteri Bottas no campeonato liga o sinal de alerta na equipe, que já começa a pensar na temporada de 2022, ano em que o novo regulamento técnico entre em vigor na Fórmula 1.