Home Esportes UFC 214: Daniel Cormier enfrenta Jon Jones em combate adiado várias vezes

UFC 214: Daniel Cormier enfrenta Jon Jones em combate adiado várias vezes

1228

UFC-214_Daniel_Cormier-vs-Jon_Jones-2

Maior meio-pesado (93 kg) de todos os tempos, Jon Jones teve uma noite perfeita. Depois de mais de um ano afastado, o americano retornou ao octógono do UFC 214 contra seu rival Daniel Cormier, nocauteou no terceiro round, garantiu o cinturão dos meio-pesados (93 kg) de volta e, ainda por cima, levou o cheque extra de 50 mil dólares (cerca de R$ 155 mil).

 




Com um show de “trocação” por três rounds, o americano foi eleito um dos protagonistas de “performance da noite”, mesmo status e quantia destinados a Volkan Oezdemir, meio-pesado (93 kg) suíço que nocauteou Jimi Manuwa no primeiro assalto. Por fim, como protagonistas da melhor luta da noite, Brian Ortega e Renato Moicano foram apontados para o prêmio de 50 mil dólares cada. A notícia cai como um alento para o brasileiro, que perdeu sua primeira luta como profissional de MMA na carreira.

Após a luta, Daniel Cormier deu um show de falta de esportividade. Primeiro tentando deixar o octógono antes do anúncio oficial da luta. Depois, deu um tapa na mão do árbitro e se recusou a ficar no centro do octógono para o anúncio do resultado oficial.

 

Demian Maia
Após sete vitórias seguidas o brasileiro Demian Maia perdeu sua invencibilidade diante do campeão meio-médio Tyron Woodley. Demian entrou bem na luta, tomando iniciativas, mas não conseguiu derrubar o campeão, que estava com as defesas de queda em dia. Woodley conseguiu machucar o olho de Maia logo no início do combate e obteve posteriormente um knockdown. No entanto, não obteve grande domínio no combate e não teve chances reais de finalizar a luta adiante. O campeão Tyron Wodley, porém, acabou muito vaiado pela torcida local e venceu o duelo por decisão unânime dos árbitros.

Cris Cyborg
A lutadora brasileira é a nova campeã do peso pena feminino (até 66kg) do UFC. Nesse sábado (29), a brasileira venceu Tonya Evinger por nocaute técnico no terceiro round, na primeira das três lutas valendo cinturão do UFC 214, disputado em Anaheim (EUA), para garantir o título da categoria.

 

Sábado, 29 de julho




CARD PRINCIPAL ((agora))
Peso-meio-pesado: Daniel Cormier x Jon Jones
Peso-meio-médio: Tyron Woodley x Demian Maia
Peso-pena: Cris Cyborg x Tonya Evinger
Peso-meio-médio: Robbie Lawler x Donald Cerrone
Peso-meio-pesado: Jimi Manuwa x Volkan Oezdemir

CARD PRELIMINAR ((agora))
Peso-pena: Ricardo Lamas x Jason Knight
Peso-casado (63,5) Aljamain Sterling x Renan Barão
Peso-pena: Renato Moicano x Brian Ortega
Peso-pena: Andre Fili x Calvin Kattar
peso-palha: Kailin Curran x Alexandra Albu
Peso-mosca: Eric Shelton x Jarred Brooks
Peso-leve: Josh Burkman x Drew Dober ((agora))